Sobre mim

Jornalista, editora, curiosa e algumas coisinhas mais.
Jacqueline Lafloufa

Jornalista multipotencial

A forma mais fácil de explicar minha profissão é me intitular jornalista, mas fica muito por dizer ainda. Gosto de descobrir e estudar novos assuntos, apresentando narrativas inovadoras. Funciona bem no jornalismo? Sim. Mas também cabe em uma série de outros projetos e iniciativas, seja em startups ou multinacionais.


Por onde andei

Tenho orgulho de ter assinado matérias, artigos e colunas em publicações como as revistas Galileu, Vida Simples e revista do Windows, além de ter sido editora e colaboradora de sites como B9, Blue Bus, Gazeta do Povo, Tecnoblog, Huffington Post, entre outros. Para além do jornalismo per se, integrei a equipe global da Kantar como editora de conteúdo entre 2015 e 2018, fui estrategista de conteúdo do Facebook e estive envolvida em projetos e consultorias para emissoras de TV, startups e empresas de tecnologia.

Quem ajudou a me formar

Meu MTB é resultado da universidade da vida freelancer, conquistado depois de anos atuando como editora no Blue Bus. Além da formação via experiência, sou bacharel em literatura e especialista em jornalismo científico pela Unicamp, tendo também concluído uma especialização em comunicação digital na USP. Muito antes disso, aprendi a aprender sobre ciência em tecnologia durante os anos de curso técnico de informática, na ETEP, que me prepararam para estar pronta a aprender por minha conta sempre que possível.

Hoje em dia

Além de trabalhar com jornalismo, produção de conteúdo, ministrar aulas e oficinas, dar entrevistas, mediar debates, criar narrativas profissionais e cobrir eventos, nas horas vagas gosto de usar meu tempo no que eu chamo de projetos paralelos. É o caso do site Interwebz, que concentra parte da minha tradução pro bono, e do canal Não Li, É Bom?, onde faço rápidas resenhas em vídeo dos livros que li.