Bio

Jornalista multipotencial

A forma mais fácil de explicar minha profissão é me intitular jornalista, mas fica muito por dizer ainda. Gosto de descobrir e estudar novos assuntos, apresentando narrativas inovadoras. Funciona bem no jornalismo? Sim. Mas também cabe em uma série de outros projetos e iniciativas, seja em startups ou multinacionais.

Digital e impresso

Destaques

Assinei capas da Galileu e cobri o festival SXSW para a revista e para o UOL Tab. Antes, fui editora dos sites B9, BlueBus, além de colaboradora do Tecnoblog, Gazeta do Povo e Vida Simples.

Já estive nas seguintes publicações

Formação multidisciplinar

Meu MTB foi conquistado após anos de atuação como editora no Blue Bus. Além da formação via experiência, sou bacharel em literatura e especialista em jornalismo científico (UNICAMP), além de especialista em comunicação digital (USP). Antes disso, aprendi a aprender sobre ciência e tecnologia durante o colégio técnico na ETEP, que me preparou para aprender por minha conta sempre que possível.

Especialidades

Lembra que eu disse que me dizer jornalista não explica tudo? Pois é. Além de escrever como jornalista freelancer para uma série de veículos brasileiros, também atuo com apresentações públicas, ghostwriter e tradutora. Confira abaixo um breve resumo do que está incluído em cada uma das frentes de trabalho:

Jornalismo

Editores e redações podem contar comigo para pesquisar, investigar, apurar e desenvolver pautas que não podem ser absorvidas pela equipe. Meu portfólio inclui publicações como Galileu, UOL Tab, B9 e Tecnoblog.

Public Speaking

Um bom storytelling faz muita diferença na hora de se apresentar em público. Realizo palestras e oficinas personalizadas, além de atuar como mediadora de debates e mesas redondas.

Ghostwriting

Nem sempre somos as pessoas ideais para escrever sobre o que acreditamos. Desenvolvo narrativas profissionais, conteúdo para marcas e empresas, além de editar ebooks, livros e relatórios para profissionais de diversas áreas.

Tradução

Verter um texto de uma língua para outra requer cuidado, atenção e um pouco de carinho. Atuo especialmente com tradução literária e de matérias jornalísticas, vertendo livros e artigos longos do inglês para o português.

Marcas com as quais já colaborei

Projetos Pessoais

Além de atuar como jornalista, palestrante, ghostwriter, curadora, redatora e tradutora, eu ainda me divirto tocando projetos pessoais no meu tempo livre. Abaixo, alguns dos destaques do momento:

Não Li, É Bom?

Podcast e canal do YouTube com episódios rápidos indicando livros e dando a deixa de que tipos de perfis se conectam ou não com determinada proposta literária.

headliner

Se Fosse Fácil Era Exatas

E se você pudesse entender mais sobre diversas teorias, só que pensando em aplicações práticas? É a proposta do podcast Se Fosse Fácil Era Exatas, apresentado por Jacqueline Lafloufa, Marcella Rosa e Fabíula Neubern. Juntas, elas prometem debates e discussões, reflexões e indicações de leitura, em papos que são animadores e ao mesmo tempo complicadinhos. Porque se fosse fácil, era exatas.

Interwebz

Site que reúne uma série de traduções pro bono de materiais que li no inglês e que gostaria de fazer serem acessiveis também para o público brasileiro.​

Vamos conversar?

Você me conta mais sobre o seu projeto e eu lhe conto como posso ajudar.
MARQUE UM HORÁRIO

Reserve um dia e hora para falarmos sobre o seu projeto.

CONTATO DIRETO

Telefone : + 55 11 3230 8121